Vencendo a Infertilidade, nova coluna do Blog. Relato de sucesso Mamãe Michele


É com muita alegria e emoção que o Blog Fran Adorno estreia sua nova coluna, "Vencendo a Infertilidade". Quero relatar aqui a dificuldade que cada uma tentante enfrentou para conseguir o tão desejado sonho de ser mãe. Várias meminas me mandam email e mensagem falando que Deus ouviu nossas orações.  E é com lagrimas nos olhos que abro essa coluna pois eu sei que muito em breve será o meu relato que estará aqui. Hoje é o resumo de minha amiga Michele, compartilhamos várias dores, e no dia das Mães ela me manda uma mensagem falando que estava gravida... não resisti, chorei rios!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Conheça a história emocionante dela e como Deus foi generoso.



Me chamo Michele, tenho 30 anos, sou do Paraná.

Minha história começa em outubro/2010 quando em uma ecografia transvaginal de rotina identificam um cisto que tinha dominado meu ovário direito, ou seja ele não estava funcionando. Aparetemente o cisto era o que eles chamam de dermoíde, formado por células primárias do nosso próprio organismo porém isso só se confirmaria com uma biópsia. Fiquei muito triste já que eu tinha conhecimento de ter SOP - Síndrome dos Ovários Policísticos, uma alteração hormonal que além de outros sintomas cria vários cistos nos ovários e não estava tratando. Fui informada pela minha médica que o tal cisto dermoíde não tem relação com a SOP já que apenas 10% das mulheres com SOP desenvolvem este cisto e qualquer mulher pode vir a ter, já que a medicina ainda não tem estudos neste assunto.

Então, ela me encaminhou para uma ginecologista especialista em oncologia que faz cirurgia videolaparoscópica, aquela feita por vídeo e com pequenos furos, que é menos invasiva e pode preservar o tecido ovariano.Consultei com ela, uma médica muito atenciosa e querida por sinal, marcamos a cirurgia para 26/01/2011. Com duas semanas antes da cirurgia fiz mais uma eco transvaginal para ver como estava e outro susto: no ovário direito o cisto dermoíde tinha aumentado ainda mais e tinha aparecido também no esquerdo. Me desesperei, pensei nossa e agora? Um ovário sem funcionar, o outro indo pelo mesmo caminho e ainda sem saber se conseguiria preservar meu ovário, sim a médica disse que fariam o possível pra preservar mas que havia a chance de perder o direito. Em meio aquilo tudo lembrei de alguém que cuida de nós 24h, Jesus! Foi Nele que coloquei minha angústia, meu medo, entreguei a cirurgia nas mãos Dele, que se era pra eu passar por aquilo eu aceitava, só pedia pra Ele me acalmar. Orei e muitas pessoas oraram por mim e graças a infinita bondade e misericórdia de Deus, tudo correu bem! Meus ovários foram preservados, livres dos cistos e a biópsia ok, realmente era cisto dermoíde, obrigada Senhor!

Na sequência voltei a minha ginecologista original e comecei a tratar a SOP e desde a cirurgia nunca mais tive nenhum cisto nos meus ovários, nem os que a SOP causa. Trato para manter e controlar a parte hormonal.
Em outubro de 2012, inicio minhas tentativas para engravidar e mal sabia eu de como seria este caminho.
Depois de vários ciclos sem efetividade comecei a usar indutor de ovulação receitado pela médica e fiz também as ecografias de controle de ovulação. Nada de gravidez mesmo ovulando todo mês e inclusive em um ciclo tive dois óvulos liberados e nada.
Acabei desistindo do indutor, decidi não tomar mais. Pra mim eu já tava forçando meu corpo.
Continuei tentando com coisas naturais como o inhame que faz super bem pra saúde e ainda estimula a ovulação, mesmo assim nada!

Durante todo esse tempo sofri com comentários, críticas e perguntas indesejáveis como toda tentante.
Em abril/2014 meu marido fez uma cirurgia, então fiquei cuidando dele, preocupada com sua recuperação e nem me dei conta que minha menstruação tava atrasada, as vezes ela atrasava uns dias mesmo, nem liguei. Quando atrasou mais de 20 dias resolvi fazer um teste de farmácia e pra minha surpresa: POSITIVO! Fiz o beta e também deu positivo apesar de um pouco baixo. Fomos na médica e realizamos a eco, aí foi um momento muito, muito especial poder ver aquela " manchinha" e ouvir seu coração batendo forte!Amor, só amor!
Infelizmente após 10 dias, eu tive um pequeno sangramento, tipo borra e fui para a maternidade onde constataram que eu havia sofrido um aborto retido. Eu desabei, não podia acreditar que depois de tanto tempo sonhando, meu sonho tinha acabado.

Marcaram a curetagem pro outro dia, era 06/05/2014 e enquanto outras mulheres seguiam para o centro cirúrgico para terem seus bebês eu estava lá por ter perdido o meu. Ainda não consigo nem expressar direito a dor que senti, não a dor física que passa rápido mas a dor no coração, uma ferida que nunca cicatriza.
Neste momento eu poderia ter me revoltado, ter perdido minha fé e foi justamente ao contrário. Eu me apeguei ainda mais com Deus, Ele me fortaleceu, colocou ânimo no meu coração, me ergueu!
Pouco mais de um mês depois comecei  em um novo trabalho, suspendi as tentativas por recomendação médica e por mim também.Enquanto isso fiz vários exames para detectar a causa do aborto e todos deram normais, nenhuma alteração. Segundo os médicos alguma coisa nele parou de desenvolver, não evoluiu o que levou ao aborto.

Então em novembro/2014, retornei na minha médica e ela pediu pra suspender o anticoncepcional para ver como ficavam meus ciclos, ali iniciou-se novamente minhas tentativas. 
Um dia conversando com Deus, era um dia que eu estava bem triste, falei: Senhor, Tu sabes o quanto desejo ser mãe, pois conheces o meu coração, vou abrir mão de tal coisa por tanto tempo e se for do Teu querer e na Tua hora me dê um filho. (não ou colocar exatamente do que eu abri mão, mas imagine que foi um jejum de algo que gosto muito, que foi muito difícil pra mim ficar sem por um determinado tempo). Isso não contei a ninguém, foi entre eu e Deus e fiz conforme falei.



Passado alguns dias a Fran Adorno, em uma das nossas conversas pelos Whatsapp me mandou o seguinte: Amiga, a mesma palavra que eu recebi eu te falo: Deus tem prazer em te dar filhos mas Ele quer ver nosso esforço. Foi mais ou menos isso. Ali pra mim, foi uma confirmação do meu propósito então confiei ainda mais.

Em março/2015 recebi meu positivo! Não nego que apesar da felicidade fiquei com receio de perder novamente. Fiz o teste escondido do meu marido pra ele não ficar triste também caso desse negativo mas com uma esperança enorme no meu coração e foi positivo o de sangue também com 414,00 mui/ml com apenas um dia de atraso.Cheguei em casa mais cedo neste dia pois era sexta-feira e deixei em cima do sofá dois corações, um maior escrito mamãe e outro menor escrito bebê, com o resultado do exame e um bilhete escrito assim: Agora tem 2 corações batendo dentro de mim... Parabéns, papai! Quando ele chegou eu fui pro quarto, quando ele abriu a porta deu de cara com os papéis e ficou muito feliz, quase nem acreditou. Combinamos de contar pras outras pessoas após algumas semanas. Eu contei pra minhã mãe só depois das 08 semanas e pro resto da família e amigos após 12 semanas, porque assim a gente se preserva um pouco e o risco de aborto diminui.



Só tenho que agradecer a Deus por este milagre, chamado Matheus. Em todos os exames, ecografias tudo tem dado um ótimo resultado. Jesus está realizando meu sonho de ser mãe e mãe de menino como sempre quis. Jamais pedi um filho pelo sexo, nunca faria isso mas Ele conhece nossos desejos mais íntimos, nos conhece profundamente, não precisamos sequer dizer uma palavra.
Hoje estou com 25 semanas, tudo correndo bem. Pra terem uma ideia nem enjoo eu tive.


Espero poder vir compartilhar o nascimento dele com vocês. (quero relatar tudo aqui amiga!!!!!!!!!!!!)
Quero deixar uma palavra de incentivo com meu testemunho, lembrando que cada pessoa é única, cada uma tem uma história, problemas e dificuldades diferentes, nem sempre o que dá certo pra uma vai dar pra outra. O que dá certo é ter fé, muita fé, Deus vai te honrar no momento certo, na hora Dele. Nós por essência somos ansiosos, imediatistas e não entendemos os caminhos e as lições que devemos aprender com tudo o que acontece conosco. A luta é grande e a vitória maior ainda. Eu não sou melhor ou pior que ninguém, Ele não faz acepção de pessoas, sua hora chegará, acredite.


Um grande beijo as amigas tentantes e a Fran minha amigona do coração. Gente, ela me mandou o áudio do coração do Matheus................... chorei por dias ouvindo aquela melodia.... (não consegui adicionar aqui :( )
Postar um comentário